Direitos autorais e termos de uso

Termos de Uso

É expressamente proibida a reprodução parcial e/ou total de qualquer conteúdo do Quintal de Om, à salvo, perante solicitação e posterior autorização de seu proprietário com seus respectivos créditos e o uso do link que direcione para o conteúdo original e correspondente deste blog. A cópia não autorizada e qualquer outro tipo de uso indevido da obra caracterizam plágio e contrafação, implicando em penalidades previstas na Lei 9.610/98. Qualquer achado que não esteja de acordo com as solicitações, será denunciado. Respeite!


  • Entre em contato com a autora através do e-mail: quintaldeafetos@gmail.com
................................................................................................................................................

Maternidade literária
Google
Como toda mãe que tem ciúmes do filho, eu também tenho ciúmes do que escrevo. Sim, porque eu também sou mãe, não do modo convencional, mas sou.
Palavra é igual a filho que a gente cria, gesta, dá a forma, alimenta, empresta a essência. Que chora junto, sorri, acumula saudades, conhece de longe, conta histórias, sente dor. Pari.
Pega na mão, literalmente.
Que quer saber por onde anda, com quem anda e fazendo o quê.
Filho e palavra a gente cria pro mundo, é verdade. Mas não se iluda acreditando que a gente que é mãe, quando solta-os, faz com que eles percam o endereço e suas origens. Ambos possuem as semelhanças do seu genitor, os traços, a genética do berço, o DNA mas, diferentes na maioridade, palavra é um tipo de filho que a gente continua a ter autoridade, sobre e em qualquer ângulo.
E por mais que nos rotulem de "mães chatas", só a gente tem o direito de dar a última palavra pra palavra da gente, tendo isso que ser respeitado sim, principalmente por quem não é de casa.
Também é verdade que nem sempre se tem o controle sobre cada um, embora o zelo, o cuidado, a "guarda" jamais deixarão de existir. 
E dentre mil etecéteras, de uma você pode ter certeza: onde filho da gente está, a gente está indo atrás.
E entra na briga, se assim precisar.
│Samara Bassi│



Nenhum comentário:

Copyright - Quintal de Om © 2012 - 2017. All Rights Reserved to Samara Bassi.