20.11.15

Desodorante natural

20.11.15
© samara bassi
Gente linda desse quintal! Hoje trouxe uma receitinha super fácil e eficaz (pra mim foi) de desodorante natural e caseiro.
O bom disso é que ele usa ingredientes que todo mundo tem em casa e, mesmo que precise comprar, é tudo baratinho.

Primeiramente, vamos falar um cadinho dos desodorantes industrializados: os de farmácia. Pra começar eu já considero o termo 'desodorante' não condizente com o produto. Explico: Desodorante significa retirar o odor, minimizar. Os de farmácia fazem isso? de certa forma sim mas... o buraco é bem mais embaixo. Eles não neutralizam o odor, na verdade, eles IMPEDEM o odor, mas não por causa e sim por consequência de uma ação mais prejudicial e que a longo prazo, pode trazer complicações. 

Generalizando, a maioria das marcas utilizam em suas fórmulas um componente que se chama Cloridrato de Alumínio (conhecido como sais de alumínio). Esse vilãozinho aí, simplesmente OBSTRUI os poros. Dessa forma, interfere no processo natural e fisiológico da nossa pele de 'respirar' e consequentemente, eliminar toxinas, impurezas, bem como manter a homeostase (equilíbrio físico-químico, térmico, vitais etc), por exemplo, através da transpiração. Esse impedimento pode ocasionar sim, problemas pequenos a começar com irritações cutâneas, coceira, ardor até o aparecimento de nódulos.

Além disso, há também a presença de parabenos que são substâncias com função de estabilizar e conservar o produto e que se assemelham às características hormonais e podem sim, a longo prazo, desenvolver câncer de mama. Já que tanto o cloridrato de alumínio quanto o parabeno são absorvidos pela pele e depositam-se ao redor das axilas, agindo diretamente nos receptores ali presentes, alterando sua fisiologia.

Vamos ao que interessa? À receita!

Essa receita que eu uso vai:
~ Amido de milho: Une os ingredientes de maneira uniforme, dando a 'liga' e também mantem a pele sequinha, sem ressecá-la;
~ Bicarbonato de Sódio: Não obstrui os poros e não impede a transpiração. Apenas neutraliza o odor;
~ Óleo de Amêndoas: (mas você pode usar qualquer óleo vegetal como azeite, semente de uva, de côco, de girassol etc). O óleo vegetal mantém a pele macia, não irrita e não sai com a água/suor, mantendo a durabilidade do produto na pele;
~ Essências de Sândalo e Jasmim: (use um óleo essencial de sua preferência, por exemplo de eucalipto que possui propriedades antibacterianas).

1- Coloque a mesma quantidade de amido de milho e de bicarbonato de sódio;
2- Acrescente o óleo vegetal até obter uma mistura homogênea e também a consistência desejada, de preferência que não escorra. Se quiser mais fluídica, mais óleo. 
3- Acrescente os óleos essenciais, se quiser.
OBS: Uma vez eu substitui as essências de Sândalo e Jasmim por essas de Baunilha, de uso alimentar mesmo e ficou super delicioso também. Funcionou direitinho, que é o que interessa.
~ Sempre antes de usar, misture um pouco, pois os sólidos assentam no fundo do recipiente.

Além de todos esses benefícios, podemos dizer que o nosso desodorante natural é também Vegano. Olha só que belezura!

Faça a sua experiência e depois nos conte os resultados.

│Samara Bassi│

© 2015. É expressamente proibida a cópia parcial e/ou total não autorizada de qualquer conteúdo deste blog.

Nenhum comentário:

Copyright - Quintal de Om © 2012 - 2017. All Rights Reserved to Samara Bassi.