9.11.15

Capim-limão

9.11.15
© samara bassi

A minha saudade é passarinho,
é um crescido guardador de meninos,
é asa fechada formando abraço e um pedaço de ontem.
Rua arborizada de sabiás laranjeiras,
tua semente pronta de sol e riso.
Teus olhos de ninho, é a minha maior de todas.
Um lume breve de sim,
em mim,
flor de capim-limão,
de amarelo-recordação,
tua mão de (pa)lavra no meu coração,
sempre me abrindo espaços de permanecer.
Ser breve,
brevidade leve,
levada ser,
por um dente-de-leão.

│Samara Bassi│

© 2015. É expressamente proibida a cópia parcial e/ou total não autorizada de qualquer conteúdo deste blog.

Um comentário:

Déborah Arruda. disse...

Quis ver o sol no quintal, irei saudá-lo sobretudo, pela capacidade de te conservar radiante na poesia e na vida. Um beijo que se imensa quando encontra o bem!

Copyright - Quintal de Om © 2012 - 2017. All Rights Reserved to Samara Bassi.