17.7.14

Ser bem feliz e nada mais!

17.7.14
Olha lá a janela, qualquer janela. Há muitos e muitos pares de asas e mãos habilidosas que tudo toca e tudo sabe. Tem um punhado de proteção e estrelas que te chove dia e noite sem serem vistas, mas teus olhos se mantém fechados demais pra perceber. Esquece o dia corrido, as discussões e toda amargura que alimenta e mesmo assim, te devora. Não precisa ter pressa, nem desespero. As dificuldades vão continuar a existir e o peito vai dar nó mais tantas outras vezes, eu sei. Eu também sei que a tristeza vai bater na porta e quase sempre a gente vai deixá-la entrar. Mas hoje não, hoje ela nem vai aparecer porque a sua casa é um templo e seu coração é uma bênção que acredite, quer mais sorrir do que chorar. Não, não! Mas chorar não é ser fraco, é ser apenas. Viu?

Sabia que chuva também floresce? É! lava a alma de um jeito que não nos dilui, não, mas nos fortalece. E nos ensina a flutuar mesmo na escassez das poças d'água.  Então, pode chorar quando sentir que precisa. Mas não se esqueça de que o sorriso é cama pronta pras histórias bonitas acontecerem.

Faz uma prece sem palavras prontas, mas nascidas do coração. Apressa a felicidade que tanto ronda o teu portão.
Ventile a entrada e a perfume com boas vindas, sem enrolações.

anna cunha
Há uma casa sem paredes com telhado todo azulzinho pra te guardar sem temores e sabe, vou te contar um segredo: não adianta discutir com quem não entende as nossas interioridades. Não adianta nos sufocar por quem não nos compreende e nos julga com espadas nas mãos. Então, sacode a saia e balança os braços pra libertar as alegrias já tão empoeiradas e não se aflija em meio a situação nem com tanta tristeza, ou com dor que deveria fazer laço e não nó e que deveria se dissipar. Parece difícil, mas não é!

Não deixe os gritos de outros te ensurdecerem e ferirem teus olhos pro belo e pro simples que a vida guarda, diariamente. Tristeza não gosta de coração bonito e o seu, é radiante. Tristeza gosta é de casa escura e olhos baixos. Então, mostre a ela que não é nem um tantinho bem vinda e que apesar dos desafios que nos engolem todos os dias e das portas sem saída, é você quem guarda teu lugar mais bonito onde só entra gente com sorriso de sol e quem você mais deixar entrar.

Mais uma coisa: não é preciso lutar armada, nem seguir com lutos no coração. O que cativa é gente que vibra e nos convida aos aprendizados simples e bonitos de todo dia, mesmo em dias cinzentos. É gente que já viveu muito e tem muito pra oferecer de mais bonito ainda, como você! É tantas vezes, gente que nem é gente e que merece até, mais consideração e afeto.

Eu já te disse:
  Toda felicidade, merece ser notícia em rota sem colisão e a alegria, é o seu melhor escudo e morada... já que combina mais com os teus olhos-cor-de-asa.

│Samara Bassi│

© 2014. É expressamente proibida a reprodução parcial e/ou total de qualquer conteúdo deste blog sem a autorização do autor. A cópia não autorizada e/ou qualquer outro tipo de uso indevido da obra, implicarão em penalidades previstas na Lei: 9.610/98. Não viole. Conscientize-se e passe esse respeito adiante -

Nenhum comentário:

Copyright - Quintal de Om © 2012 - 2017. All Rights Reserved to Samara Bassi.