18.10.13

Porque as vontades têm força

18.10.13
Google
Que minhas faltas sejam percebidas com consciência e haja maturidade em repará-las com humildade. Que qualquer lágrima ou desconforto que eu tenha causado a alguém, possa se transmutar em risos largos, a tempo. Que o amor seja sempre esteio em nossa vida.
Que seja sempre bem vinda a época e os momentos de deixar o ontem que doeu para trás, também no coração. Que os medos traduzam apenas o início de reviravoltas para o bem e aperfeiçoamento do ser. Que ninguém acue ninguém, tampouco acue os animais que, mesmo com a sua força, tornam-se frágeis diante da nossa própria ignorância. Que se respeite o verso e nenhuma palavra seja semeada em vão. Que a sua consciência aprenda ainda, a respeitar todas as formas de amor, apesar de todos os seus (pré)conceitos.

│Samara Bassi│

════════════════════════════════════ § ════════════════════════════════════ 
É expressamente proibida a reprodução parcial e/ou total de qualquer conteúdo deste blog. A salvo, perante solicitação e posterior autorização de seu proprietário, com seus respectivos créditos e o uso do link que direcione para o conteúdo original e correspondente deste blog. A cópia não autorizada implicará em penalidades previstas na Lei 9.610/98 e será denunciada. Respeite.

3 comentários:

Tallita Monteiro disse...

Como sempre uma suavidade em suas palavras, que nossa em nova jamais sejam reprimidas as belezas da escrita!

bjss flor
Bom fim de semana!

Crônicas de Areia disse...

Tenho aprendido que nada, nessa vida, é mero acaso.

No entanto é estranho, pois ão sou dado a crer naquilo que não posso tocar, mas sou um sonhador. Será que sou um contraponto de mim mesmo?

Quantas vezes me arrependi de atos errados e que me custaram caro. Porém, se tenho o que tenho hoje, é porque lá atrás cometi erros que me proporcionaram acertos agora. Então, se em algum momento do meu passado eu me arrependi dos erros que cometi, é porque posso ter afetado alguém com meus atos, mas também vejo que se não tivesse acontecido esses "erros", talvez hoje eu estivesse muito longe daquilo que tanto amo no meu presente.

Então, que nossas faltas no ontem, por mais que não sejam perdoadas por quem foi atingido, que ao menos sejam compreendidas. Que não sejam aceitas, mas que sejam superadas. Que por mais que não sejam desculpadas, mas que se entenda que até mesmo para aqueles que foram machucados por tais atos, houve alguma mudança de destino. Então, que se analise que até mesmo tendo existido um erro, alguns acertos podem ter nascido em virtude disso.

Que se viva os sorrisos do hoje, mesmo que tenham existido lágrimas no ontem.

Que lindo, Sam. Amo esse teu jeito de falar diretamente ao coração.

Amo. SeMpre.

Marcio.

Bessa disse...

Magnífico este teu Credo ético, minha querida amiga! quem dera este teus belos princípios pudessem ser assimilados por tantos outros, justamente em uma época onde a consciência moral e a ética parecem se esfiapar mais, a cada dia que passa, hélas !….

Obrigado por tão belas palavras, querida Samara, uma boa semana para ti, continua inspirada.

Um grande abraço com o carinho do
André

Copyright - Quintal de Om © 2012 - 2017. All Rights Reserved to Samara Bassi.