9.9.13

Das bênçãos

9.9.13

Porque quando a gente abre portas, a gente abre os olhos. Clareia a vida, faz das janelas um quintal vasto. E eu, eu gosto das janelas mais do que tudo, as tenho como pipas ao céu e de preferência, com as portas bem abertas também.

 │Samara Bassi│

════════════════════════════════════ § ════════════════════════════════════ 
É expressamente proibida a reprodução parcial e/ou total de qualquer conteúdo deste blog. A salvo, perante solicitação e posterior autorização de seu proprietário, com seus respectivos créditos e o uso do link que direcione para o conteúdo original e correspondente deste blog. A cópia não autorizada implicará em penalidades previstas na Lei 9.610/98 e será denunciada. Respeite.

2 comentários:

Crônicas de Areia disse...

Fui além dos edifícios mais altos, fui no encalço,
enfrentei o cadafalso da saudade,
da miragem das eras e ervas,
cegas de perfume,
e insensíveis de qualquer beleza.
Rios que correm pra cima,
chuva que seca a pele...
...matéria que se descria,
ou letra pra se apagar,
na borracha de escrever.
Eu quis crer.

Eu quis sonhar.
Eu preferi amar.
Eu quero te namorar.

Eu sei como ninguém,
pintar a tua pele,
sorrir teus lábios,
curvar o arco do teu olhar.
Eu sei também,
te dançar em mim,
saltitar nossos lençóis,
bagunçar ventos em caracóis...
...destrancar portas,
clarear paredes tortas,
atiçar fogo e panelas
sem sentido, sem gosto ou gemido,
mas como só eu sei,
escancarar janelas.

Quis cruzar tuas pontes,
Quero mais é te amar,
Te marcar a pele com meus dentes,
Quero te namorar.

Só sei o que sonho,
e só sonho nós dois.

Samara, meu amor. Que show. Adorei.

Marcio

Toninho disse...

O olhos que se abrem movidos pela sutil sensibilidade, são portas,janelas que recriam as mais perfeitas emoções e debruçam sobre a poesia com toda sua magia.
A gente fica só olhando e admirando.
Lindo demais.

Carinhoso abraço amiga.
Brilhou!!!

Copyright - Quintal de Om © 2012 - 2017. All Rights Reserved to Samara Bassi.