11.9.13

'Com açúcar, com afeto'

11.9.13
CamomilaRosa e Alecrim
'com açúcar, com afeto, fiz seu doce predileto 
dou um beijo em seu retrato 
e abro os meus braços pra você.'
-Chico Buarque-

Doce de beijo, bombocado de polvilhado riso. Logo cedo é teu caramelo que me sela a boca, cujo elo deixa outra iguaria no meu paladar. Você vai com confetes e me olha o verso, me molha na volta o inverso do doce... d'ocê! Desses que se leva em banho maria enquanto se confeita  bolo com perfume de especiaria. 
Amor de bala sabor amora, o amor namora um bocado flerte por algo que nos derreta na demora.

[uma boca]

 Que nos destile e nos com(et)a sem pecados.

│Samara Bassi│

*título: música de Chico Buarque

════════════════════════════════════ § ════════════════════════════════════ 
É expressamente proibida a reprodução parcial e/ou total de qualquer conteúdo deste blog. A salvo, perante solicitação e posterior autorização de seu proprietário, com seus respectivos créditos e o uso do link que direcione para o conteúdo original e correspondente deste blog. A cópia não autorizada implicará em penalidades previstas na Lei 9.610/98 e será denunciada. Respeite.

3 comentários:

Crônicas de Areia disse...

Tive pressa em aprender que não precisava ter pressa na vida. Compressas de beijo, ensejo desejado, almejado em um peito macio e acolhedor de minha dor. Dor?
Dor de saudade, dessas que não se cura com a idade, nem com a secura ou seguridade da claridade.
Doce bom é aquele que derrama no canto da boca, ou que respinga no arrepiado da coxa. Uma visão do céu.
E se desse véu se vê o amarelado das nuvens, é na penumbra de anis do quarto que vejo tua silhueta, essa mesma que indo, rebola meus olhos que se atiçam em você, te querendo lambuzar com meus sentimentos mais maliciosos, diretamente em tua boca.

Doce bom é teu beijo. Não há tabuleiro que dê sabor igual.

Sam, amor meu. Que lindo. APAIXONANTE. PRA FLUTUAR QUALQUER DOCE NO CÉU DA BOCA.

Marcio.

Bessa disse...

O teu texto é muito delicado e, como sempre, muito amoroso. Porém, a canção fica tamborilando em minha memória, o samba do Chico que fala de doçura e também, no meu entender, de ingratidão de quem "fica olhando as saias de quem vive pelas praias coloridas pelo sol"...

Um pequeno texto, mas que pela ternura que ele contém, deixa o teu "quintal de afetos" ainda mais doce e mais afetuoso. Que maravilha, minha amiga Samara! meus parabéns!

Um belo fim de semana para ti, meu abraço com carinho.
André

Toninho disse...

Uma linda composição para inspirar como bem o fez Marcio explorando cada cantinho da emoção açucarada.
Lindo mesmo Samara.
Carinhoso abraço.

Copyright - Quintal de Om © 2012 - 2017. All Rights Reserved to Samara Bassi.