27.7.13

Canção para clarear o dia

27.7.13
♫'um coração
de mel de melão
de sim e de não
é feito um bichinho
no sol de manhã
novelo de lã
no ventre da mãe
bate um coração
de clara, ana
e quem mais chegar
água, terra, fogo e ar'♫
- Joyce Moreno -

Clareana by Joyce on Grooveshark

5 comentários:

Crônicas de Areia disse...

É poesia de um só,
de verso, de pó,
um nó, vento, mar, sol,
pequenos dedos enluarados,
na face, dela, nosso arrebol.

Sabiá que canta,
feito sapo que pula,
tal lua que alumeia,
coruja que pia,
lá naquela pia que pinga,
um pirilampo que clareia.

Mindinho, cutucando fura-bolo,
um tal seu vizinho,
te um maior que todos,
tem até o mata-piolho.

Tem par de mãos mansinhas,
sorriso encabulado,
de mãe, de pai abobado,
gente miúda tá chegando,
transformando tudo em céu enluarado.

Sabe, tem sonho novinho sendo sonhado.

Sam, nem preciso falar mais nada, não é?

Parole disse...

Uma ternura de poema, Sam.

Beijinho.

brisonmattos disse...

lindaaaaaaaaaaaaaa!

Tallita Monteiro disse...

Que coisa mais fofa de se apreciar em um domingo!!!

bjsss flor!!

Filha do Rei disse...

Samara, que poesia cheia de encantamento.
Bjs

Copyright - Quintal de Om © 2012 - 2017. All Rights Reserved to Samara Bassi.