4.11.12

Receita da essencialidade

4.11.12
Imagem: Samara Bassi
Encontre-se consigo mesmo. Desvie-se dos tropeços deste mundo louco e desgovernado. Esqueça a imagem daqueles rostos insanamente psicodélicos e de olhos nus.
Deixe. Deixe-se. Desvencilhe os pesos e cargas todas de outras vidas dos teus passos por poucos instantes e não se desespere, não, meu bem. Hoje, há mais que um perfume - há flores pro teu paladar.
Há doce no canto dos lábios, cores pra tua retina guardar. Há palavras para todos os gostos, pintura pra todos os rostos. Há biscoitos de eternidade. É que tem cheiro no ar, bailando como energia que plasma a matéria prima vital e vibra, sem que seja  preciso ser vista; somente reconhecida. Há vida vertendo os instantes como quem destila essa etérea essência. Destile então e mais importante que pelos poros da pele; pelos poros dos olhos, as tuas essencialidades todas. Recolha as migalhas do tempo e construa o teu pão. Perfume a tua água. Verta água de cheiro mais vezes. Vista-se e descubra-se em doses homeopáticas de navegar teus rios. Por mais amargura que te destrua, por toda a doçura que te constrói.
│Samara Bassi│

3 comentários:

ValCruz disse...

Hum meu amor! Adorei o compartilhamento pelo Face, e estou curtindo por aqui tb!!

Você tem esse GRANDIOSO olhar sobre as pequenas e belas coisas... Daí, vira um texto, uma poesia... Um agrado confortante feito esse chá acompanhado desse bolo.


Sam, e seus encantos!


A gente se fala...

André disse...

Este seu belo texto, Samara, tanto poderia ter o título que tem, como os dos textos anteriores, os do passarinho, pois todos falam de buscar a grandeza que existe nas coisas mais simples deste mundo para ser feliz.

Eu vejo sempre esse passarinho da foto no meu jardim, no verão, mas não sei como ele se chama no Brasil. Ele canta maravilhosamente, porém é sempre vítima do mau instinto dos gatos da vizinhança, infelizmente...

Três textos cheios de sabedoria e de verve, querida amiga, onde o seu talento de cronista iluminada brilha de todas as cores dele, como um arco-íris contra um céu cinzento.

É sempre um prazer passar por aqui e sorver de suas letras, querida Samara, sempre eivadas da grande sabedoria e doçura que só você tem a receita.

Meus parabéns e minha admiração sempre maior.

Um forte abraço e bom domingo.

André

Filha do Rei disse...

Samara, que lindo!!
Deixe-se, simplesmente deixe-se.
Bjs

Copyright - Quintal de Om © 2012 - 2017. All Rights Reserved to Samara Bassi.