18.7.12

'Saudade é o amor que fica'

18.7.12
"Emocionado, contendo uma lágrima e um soluço, perguntei:
-E o que saudade significa para você, minha querida?

— Saudade é o amor que fica!"

Dr. Rogério Brandão_Definição de Saudade

Imagem: Lurtz Harisson

Dos tropeços, desse imenso de viver.
Só o que vale é o sorriso ornando os dias que foram sementes, desembrulhando as cores que alegram qualquer estrada cor de pó e só.
Dos caminhos estampados nos olhos mais assustados, o que conta é a bagagem, daquela que guia os passos em qualquer curva.
O tempo, tráz delicadeza aos olhos e na minha mala, só o essencial carrego. Aquilo que só meus olhos veem e só meu coração sabe que existe e eu, insisto, persisto no que é belo pra mim.
Deixo brotar meus ontens porque é da raíz que se sustenta a flor que ainda é somente um esboço de acontecer. Vou e alcanço voo porque é na liberdade que me sustento e é só nela que me faço (c)asa. Deixo ainda, aquele rastro no fundo do meu quintal pra quando meus olhos quiserem se guardar de volta.

Porque de todas as verdades, "Saudade é o amor que fica".
_____________________________________________
Nota: Dr. Rogério Brandão é um médico oncologista, no qual ele relata sua experiência de vida ao cuidar de uma criança com câncer. Definição de Saudade trata-se de um relato tocante pela imensa sensibilidade, sabedoria e ternura humana, feito pelo médico.

                                          │Samara Bassi                                      

4 comentários:

Márcio Ahimsa disse...

Oi Sam, quanto tempo!!!

Então, menina, enfim, lançamos o livro.

Se quiser, me diz que dou um jeito pra te levar, ok!!!

Gostei desse seu novo blog. É lindo.

Beijão no seu coração.

Aleatoriamente disse...

Olá minha flor mais linda!Mudou de cantinho também?Aff! o maninho e você andam me pregando sustos rsrsr.Sam, ando mesmo com muitas saudades de todos vocês, meus amores.Meu campo só termina em novembro, enquanto isso, só posso vir bem rapidinho, mas nessa vinda levo um monte de reserva para a saudade. Amei o cantinho, o poema e abraçar você.

Beijão linda.

Filha do Rei disse...

Samara, lindo texto, cheio de sensibilidade, de vida, repleto de emoção. bjss

André disse...

Boa noite, minha amiga Samara! estive no seu blog mas vi que este foi suprimido. Através do link de seu comentário foi que descobri este seu novo aqui. Perdoe-me a ausência de comentar seus tão expressivos textos, querida amiga, mas é que ando realmente meio ausente das letras por esses tempos. É verão onde moro, e nessa época costumo viajar, sair, e praticamente não escrevo nada. Voltarei às letras provavelmente no outono.

Mas que bela coincidência, minha amiga, você e o meu amigo Marcio mudaram de casa na mesma ocasião! E com belíssimos visuais para ambos os blogs. Maravilha, Samara! e também com títulos originais, tanto um como o outro. Realmente, um prazer vir aqui e no blog do Marcio.

E, como isso não bastasse, você nos presenteia ainda com tantas páginas de textos, sempre tão belos e tão expressivos. Um regalo, amiga! porém terei que vir aqui muito mais vezes para poder conhecer a beleza de todos eles. Será aos poucos, com calma e com a atenção que eles merecessem. E para meu maior deleite.

Quanto a este texto aqui, a imagem de decorre da idéia de vôo e sustentação no ar devido à sua liberdade pessoal é preciosa. É a primeira vez que leio algo assim. Ah, minha amiga, definir a saudade, quem há-de?… (*rs) pouco importa, dessa busca de definições encher-se-á o céu de poesia e de metáforas das mais belas, isso é certo e o que conta. Que belo texto, Samara, meus parabéns!

Um grande abraço, minha amiga Samara, bom fim de semana, boas inspirações e muitas felicidades com seu novo blog.

André

Copyright - Quintal de Om © 2012 - 2017. All Rights Reserved to Samara Bassi.